Geraldo Alckmin, quer que o partido desembarque do governo temer.


(Foto de divulgação: Blog da Cidade)




( Redação Blog da Cidade)
 
O ministro de relação exteriores Aloisio Nunes afirmou que o PSDB não rompeu com o governo, mais já se fala até em data de anunciar o desembarque no dia (9) de dezembro quando será realizada a convenção do partido. Hoje (30) a executiva do PSDB se reuniu em Brasília.

A comissão executiva do PSDB se reuniu a porta fechada, no encontro foi decidido detalhe da convenção  partidária, marcada para o dia (9) de Dezembro, na data o Governador de São Paulo Geraldo Alckmin deverá ser eleito presidente da legenda, ele quer que o partido desembarque do governo temer. Na saída da reunião o ministro tucano Aloisio Nunes negou o rompimento com o planalto. O ministério das relações exteriores é um dos três que ainda são ocupados pelo PSDB. O ministro da casa civil Eliseu Padilha, reafirmou que os tucanos não estão mais na base governista, a saída deve ser acertada no sábado quando o presidente Michel Temer vai se reunir com Geraldo Alckmin em São Paulo, o governo tem cautela porque depende dos votos tucano para  aprovar a reforma da previdência, o PSDB sugeriu mudança do projeto em troca do apoio mais Eliseu Padilha disse que as   sugestões não serão analisadas porque elas reduzirão as economias  em 109 Bilhões de Reais. O presidente da câmara  Rodrigo Maia do Democratas, disse que a reforma da previdência só será analisada quando  tiverem os 308 votos necessários para aprovar.




0 Comentario "Geraldo Alckmin, quer que o partido desembarque do governo temer. "

Postar um comentário

Os comentários agressivos serão removidos

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial